Câmara Portuguesa e Domingues e Pinho Contadores promovem evento voltado a pessoas físicas declarantes de IRPF e CBE

Está em curso o período em que os contribuintes precisam prestar informações anuais ao Fisco e ao Banco Central. Para orientar este público, no dia 12 de março, a DPC e a Câmara Portuguesa promoveram o seminário "Obrigações Fiscais das Pessoas Físicas: Imposto de Renda e Capitais Brasileiros no Exterior".

13/03/2018

DESTAQUES

Câmara Portuguesa e Domingues e Pinho Contadores promovem evento voltado a pessoas físicas declarantes de IRPF e CBE


Está em curso o período em que os contribuintes precisam prestar informações anuais ao Fisco e ao Banco Central. Para orientar este público, no dia 12 de março, a Câmara Portuguesa do Rio de Janeiro e a Domingues e Pinho Contadores (DPC) promoveram o seminário "Obrigações Fiscais das Pessoas Físicas: Imposto de Renda e Capitais Brasileiros no Exterior". O evento gratuito contou ainda com o apoio da AHK-Rio e Britcham.

Manuel Domingues e Pinho, diretor-presidente da DPC e presidente da Câmara Portuguesa, abriu a programação, desejando as boas-vindas à plateia, composta por cerca de 100 participantes, e destacando a pertinência do tema.

Augusto Andrade, especialista em tributação de executivos brasileiros e estrangeiros, conduziu a palestra, apresentando os pontos que costumam ser alvo de dúvidas dos contribuintes ao preencher as declarações de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE).


Manuel Domingues e Pinho e Augusto Andrade


O seminário tratou das novidades trazidas pelos programas do IRPF 2018 e da CBE, as formas de apresentação das declarações, as providências necessárias para casos de atraso e retificação, os pontos que devem ser observados por quem possui ativos no exterior, multas, entre outros tópicos.

Andrade, que também é sócio da DPC e responsável pelo setor de pessoa física na empresa, destacou que a cada ano, a Receita Federal tem aprimorado os mecanismos para cruzamento e identificação de conflitos de informações. “O contribuinte deve informar os dados corretamente, de modo que não haja divergências com as informações enviadas por órgãos públicos, empregadores e prestadores de serviços, por exemplo”, destacou. O especialista também alertou sobre os cuidados na apresentação dos dados da CBE, já que erros e omissões podem gerar problemas junto ao Banco Central.

O ideal é que contribuintes possam contar com uma assessoria para melhor acompanhamento dos fatos financeiros e apoio para a elaboração das declarações apresentadas à Receita Federal ou ao Banco Central. A DPC oferece consultoria especializada a pessoas físicas nacionais e estrangeiras no cumprimento de suas obrigações fiscais.





Fotos: Flávia Maciel

Como a DPC pode lhe ajudar?

A Domingues e Pinho Contadores possui equipe especializada pronta para lhe assessorar.
Entre em contato através do e-mail dpc@dpc.com.br

Assine nossa newsletter:

Se interessou?

Entre em contato conosco para que possamos entender seu caso e oferecer a melhor solução para você e sua empresa.

Fale com um especialista
Português