Lei nº 7.786, de 17/11/2017, alterou regras que tratam do Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITD) no RJ.

DESTAQUES

Novas regras para o ITD no Estado do Rio de Janeiro em 2018

Na Edição do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro de 17/11/2017 foi publicada a Lei nº 7.786, que alterou algumas regras que tratam do Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITD), cujos destaques listamos abaixo:

 

A isenção do ITD que abrange a transmissão causa mortis de imóveis residenciais a pessoas físicas, desde que a soma do valor dos mesmos não ultrapassasse o valor equivalente a 60.000 Ufir-RJ (anteriormente era de 100.000 Ufir-RJ).

 

Foram acrescentadas novas hipóteses de isenção:

  • A doação ou transmissão causa mortis a pessoas físicas de um único imóvel residencial localizado em comunidades de baixa renda, na forma a ser regulamentada pelo Poder Executivo.
  • A transmissão causa mortis e a doação a fundações de direito privado com sede no Estado do Rio de Janeiro, bem como a associações de assistência social, saúde e educação, ou das que mantenham atividades em ao menos um dos temas citados nos incisos do art. 3º da Lei 5.501/2009, independente de certificação, inclusive as instituições sem finalidade econômica financiadora e daquelas dedicadas à constituição de fundos para financiamento das instituições isentas ou de suas atividades.

 

As novas as alíquotas a partir de 01/01/2018:

  • 4,0%, para valores até 70.000 Ufir-RJ;

  • 4,5%, para valores acima de 70.000 Ufir-RJ e até 100.000 Ufir-RJ;

  • 5,0%, para valores acima de 100.000 Ufir-RJ e até 200.000 Ufir-RJ;

  • 6%, para valores acima de 200.000 Ufir-RJ até 300.000 Ufir-RJ;

  • 7%, para valores acima de 300.000 Ufir-RJ e até 400.000 Ufir-RJ;

  • 8% para valores acima de 400.000 Ufir-RJ.

Como a DPC pode ajudar sua empresa?

A Domingues e Pinho Contadores possui equipe especializada pronta para assessorar sua empresa.
Entre em contato através do e-mail dpc@dpc.com.br

Assine nossa newsletter:

Se interessou?

Entre em contato conosco para que possamos entender seu caso e oferecer a melhor solução para você e sua empresa.

Fale com um especialista
Português