Lei determina o afastamento de empregada gestante do trabalho presencial

Fica permitida a atuação da gestante por meio de teletrabalho, trabalho remoto ou outra forma de trabalho à distância.

ARTIGO

Lei determina o afastamento de empregada gestante do trabalho presencial


Publicada no Diário Oficial de 13 de maio, a Lei nº 14.151 determina o afastamento de mulheres grávidas do trabalho presencial durante a vigência da situação de emergência de saúde pública por conta da pandemia de Covid-19.

A empregada deverá permanecer afastada das atividades presenciais sem prejuízo de sua remuneração. Fica permitida a atuação da gestante por meio de teletrabalho, trabalho remoto ou outra forma de trabalho à distância.

A norma entra em vigor na data de sua publicação: 13/05/2021.

É importante salientar que não há prazo estabelecido para encerramento da vigência da medida, visto que ainda não há data determinada para o fim da situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional.

Como a DPC pode ajudar sua empresa?

A Domingues e Pinho Contadores possui equipe especializada pronta para assessorar sua empresa.
Entre em contato através do e-mail dpc@dpc.com.br.

Assine nossa newsletter:

Se interessou?

Entre em contato conosco para que possamos entender seu caso e oferecer a melhor solução para você e sua empresa.

Fale com um especialista