Prazo para envio da Declaração Econômico-financeira (DEF) do Banco Central: 31/03/2019

As empresas receptoras de investimento estrangeiro direto com ativos ou patrimônio líquido igual ou superior a R$250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões de reais) estão obrigadas ao envio da Declaração Econômico-financeira (DEF) ao Banco Central do Brasil.

13/02/2019

ARTIGOS

Prazo para envio da Declaração Econômico-financeira (DEF) do Banco Central: 31/03/2019


As empresas receptoras de investimento estrangeiro direto com ativos ou patrimônio líquido igual ou superior a R$250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões de reais) estão obrigadas ao envio da Declaração Econômico-financeira (DEF) ao Banco Central do Brasil nas datas a seguir:

    Data base de 31 de março – até 31 de maio de cada ano;

    Data base de 30 de junho – até 31 de agosto de cada ano;

    Data base de 30 de setembro – até 31 de novembro de cada ano; e

    Data base de 31 de dezembro – até 31 de março do ano subsequente.

A sociedade que estiver obrigada a declarar e não o fizer, ou ainda, a apresentar  informações falsas, incompletas, incorretas ou fora dos prazos, fica sujeita a multa a ser aplicada pelo Banco Central. Por isso, em razão do prazo para apresentação da declaração referente à data-base de 31 de dezembro de 2018 terminar em 31 de março de 2019, recomendamos que as análises necessárias sejam logo tomadas.

As empresas não enquadradas na obrigação acima, ou seja, com ativo ou patrimônio líquido inferior a R$250.000.000,00, anualmente, até 31 de março, incluir na opção específica do sistema um novo quadro societário atualizado para a data de 31 de dezembro de 2018.

Como a DPC pode ajudar sua empresa?

A Domingues e Pinho Contadores possui equipe especializada pronta para assessorar sua empresa.
Entre em contato através do e-mail dpc@dpc.com.br

Assine nossa newsletter:

Se interessou?

Entre em contato conosco para que possamos entender seu caso e oferecer a melhor solução para você e sua empresa.

Fale com um especialista
Português