Próximo prazo de entrega da DEF ao Banco Central termina em 31/03/2020

Empresas receptoras de investimento estrangeiro direto com ativo total ou patrimônio líquido igual ou superior a R$ 250 milhões são obrigadas, trimestralmente, ao envio da Declaração Econômico-financeira (DEF).

17/02/2020

ARTIGO

Próximo prazo de entrega da DEF ao Banco Central termina em 31/03/2020


Conforme disposto na Circular do Banco Central do Brasil nº 3.689/2013, as empresas receptoras de investimento estrangeiro direto com ativo total ou patrimônio líquido igual ou superior a R$250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões de reais) são obrigadas, trimestralmente, ao envio da Declaração Econômico-financeira (DEF).

Para cumprimento da obrigação, são consideradas as datas-bases de 31 de março, 30 de junho, 30 de setembro e 31 de dezembro de cada ano.


Prazo da DEF do 4º trimestre de 2019


O prazo de envio da DEF referente à data-base 31 de dezembro de 2019 se encerra às 18 horas do dia 31 de março de 2020.


Atualizações de informações no RDE-IED


As empresas não enquadradas na obrigação acima, ou seja, com ativo ou patrimônio líquido inferior a R$250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões de reais), devem atualizar o patrimônio líquido, capital social integralizado e participação dos investidores estrangeiros, no Registro Declaratório de Investimento Estrangeiro Direto (RDE-IED) atualizado para a data de 31 de dezembro de 2019 (“Quadro Societário”).

Como a DPC pode lhe ajudar?

A Domingues e Pinho Contadores possui equipe especializada pronta para lhe assessorar.
Entre em contato através do e-mail dpc@dpc.com.br

Assine nossa newsletter:

Se interessou?

Entre em contato conosco para que possamos entender seu caso e oferecer a melhor solução para você e sua empresa.

Fale com um especialista
Português